Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Notícias Gerais Indústria calçadista gaúcha vai gerar 500 empregos diretos no Ceará
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Indústria calçadista gaúcha vai gerar 500 empregos diretos no Ceará
Qua, 03 de Julho de 2019 09:12

0307soloO Ceará ganha destaque mais uma vez no cenário calçadista nacional. Com o intuito de gerar mais emprego e renda para o Estado, Eduardo Neves, presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), e o prefeito de Solonópole, Webston Pinheiro, assinaram convênio para a construção de um galpão industrial no município. A estrutura será cedida em regime de comodato para a expansão da Neorubber Indústria de Sandálias.

Com matriz no Rio Grande do Sul, a empresa já atua Sertão Central desde 2014 gerando 250 empregos. Após expansão realizada com apoio da Prefeitura, 100 novos empregos diretos serão gerados, segundo o prefeito. Outros 400 postos de trabalho diretos serão criados a partir da entrega do galpão construído pela Adece.
Conforme Eduardo Neves, a estrutura a ser executada pela Agência será de 2 mil metros quadrados com previsão de entrega após 12 meses do início da construção. "A expansão representa o Ceará como referência no setor calçadista brasileiro. Temos credibilidade. Exemplo disso é que o mesmo grupo já investe no Ceará com a empresa Sugar Shoes, em Senador Pompeu", enfatiza.

Já o galpão cedido pela Prefeitura de Solonópole tem 800 metros quadrados e deve começar a operar no segundo semestre deste ano, segundo o prefeito.
A mão de obra existente em território cearense e os incentivos concedidos pelo Governo do Ceará são as principais justificativas da empresa para investir nos dois municípios, afirma o sócio diretor, Paulo César Diel. O grupo é formado ainda pelos sócios Rodaika Diel e Wagner de Oliveira.

Produção

Grandes marcas de renome fazem parte do portfólio da empresa, como Coca-Cola, Reserva, Be Forever, Rafithy, Jorge Bischoff, Loucos e Santos, Flamengo e Capricho. Com exportações destinadas a países da América Latina, a Neorubber produz, atualmente, 16 mil pares de calçados por dia. Após as ampliações o número deve saltar para 25 mil, comemora Paulo.

Exportações cearenses

Os calçados cearenses registraram alta de 10,3% nas exportações durante o período de janeiro a maio deste ano em comparação ao igual período do ano passado. No acumulado do ano, US$ 118,4 milhões foram vendidos para outros países.

 

Calendário

Julho 2019
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31 1 2 3