Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Sala de Imprensa Notícias Comércio Exterior Estimulado pelo hub, Governo do Ceará reúne setor produtivo e operadores para ampliar exportações por modal aéreo
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Estimulado pelo hub, Governo do Ceará reúne setor produtivo e operadores para ampliar exportações por modal aéreo
Ter, 27 de Março de 2018 20:39

exportaO Governo do Ceará, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico do Estado do Ceará (SDE), realizou, nesta terça (27), no auditório da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), uma reunião com integrantes da Diretoria de Cargas do grupo Air France/KLM para discutir a exportação por modal aéreo.

Na oportunidade, a diretora de Cargas do grupo Air France/KLM, Renata Branco, e o gerente de Operações, Ricardo Lima, apresentaram para produtores de camarão e pescado, frutas, peixes ornamentais, plantas, alimentos em geral; empresas de logística; secretarias de Estado; entidades de classe, entre outros, os procedimentos das empresas para o transporte de cargas aéreas e também a forma como a empresa vai operar no Aeroporto de Fortaleza.

Com uma capacidade de transportar cerca 120 toneladas por semana, sendo até 20 toneladas por voo, a Air France/KLM tem planos de ampliar seu mercado de cargas com o início das operações do hub aéreo em Fortaleza. Para atender e acompanhar as demandas, a empresa anunciou que criará uma equipe específica para operações de cargas no Aeroporto de Fortaleza. Segundo a diretora Diretoria de Cargas do grupo Air France/KLM, Renata Branco, a expectativa da empresa, que trabalha com todos os tipos de carga, é muito positiva para Fortaleza e foi importante entrar em contato com setores diversos na reunião para conhecer as necessidades dos produtores.

O secretário do Desenvolvimento Econômico do Estado do Ceará, Cesar Ribeiro, destacou a importância da reunião para estimular a geração de negócios internacionais e as exportações cearenses. “O Governo do Ceará tem o importante papel de ser um elo entre o setor produtivo e os agentes que tratam o comércio exterior, justamente para que ampliem seus mercados, atingindo não só a Europa como a Ásia”, disse. Segundo ele, o primeiro passo foi dado e e agora é continuar criando oportunidades e competitividade para os produtos cearenses.

Do Governo do Ceará, participaram também da reunião o secretário do Desenvolvimento Agrário, Euvaldo Bringel; o secretário adjunto da SDE, Régis Medeiros e o diretores da Adece, Beatriz Bezerra e Sílvio Carlos Ribeiro.

Exportações por modal aéreo

O Ceará tem um grande potencial para ampliar as exportações por modal aéreo. Mesmo sendo o segundo Estado nordestino que mais exportou por modal aéreo em 2017, a participação cearense ainda é discreta, com participação de 5,9% do total da região, atrás do estado da Bahia (41,4%), de acordo com estudo realizado pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

No ano passado, apenas 2,4% das exportações cearenses atingiram seus destinos por modal aéreo, sendo que o produto mais exportado foram calçados e similares. Já o modal marítimo foi responsável pelo escoamento de 92,98% dos produtos da pauta de exportação cearense e o rodoviário por 4,35%.

 

Paola Vasconcelos
Assessoria de Comunicação da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE)

Última atualização em Qua, 28 de Março de 2018 11:26
 

Calendário

Abril 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 1 2 3 4 5