PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Flores

6 de setembro de 2012 - 14:35

O setor da Floricultura no Ceará tinha um viés basicamente exportador. Com a crise internacional, de 2008 e 2009 o setor teve que realizar adequações quanto a comercialização dos produtos, pois  com a desvalorização do câmbio a proposta de exportação tornou-se inviável.

 Hoje as rosas produzidas estão sendo comercializadas nas principais centrais de comercialização inclusive supermercados.  A comercialização favoreceu e incentivou o consumo per capto dos brasileiros devido a uma maior acessibilidade dos produtos da floricultura.

Quanto as exportações o Ceará encontra-se como segundo maior exportador de bulbos, , rizomas, tubérculos e similares exportados pelo Brasil no período, com destaque para bulbos de amarílis e de gladíolo, entre outros, tiveram como origem os estados de São Paulo (72,93%) e Ceará (27,07%). Para ambos, os principais destinos importadores foram Holanda, EUA e Canadá.

As exportações dos produtos da floricultura, desde janeiro até junho de 2013, somam US$ 145,281 mil com redução de 36,1% se  comparado ao mesmo período de 2012, quando o Ceará exportou US$ 227,377. Em todo o ano de 2012, o agronegócio da floricultura teve US$ 4,279 milhões exportados.

Downloads:
Flores do Ceará

Cartilha com informações sobre o agronegócio floricultura no estado do Ceará, com dados acerca dos polos de floricultura irrigada. Arquivo em português e em inglês.

Arquivo em pdf
14 páginas
Tamanho: 2,4 MB