PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Cede coordenará construção de agenda para o Cipp

19 de maio de 2014 - 12:46

Trabalho vai consolidar estratégias para desenvolvimento da região.

 

Durante a solenidade de apresentação do documento “Cenário Atual do Complexo Industrial e Portuário do Pecém”, a coordenadora da equipe técnica de elaboração da publicação, Rosana Garjulli, destacou que o documento registra como a sociedade vê o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). “Trabalhamos com as empresas e com a sociedade para poder documentar a visão do público e traçar estratégias para o desenvolvimento sustentável do CIPP”, afirmou.

Segundo Rosana, a elaboração do documento começou no primeiro semestre de 2012 e resultou em seis núcleos de trabalhos, divididos em políticas estaduais, políticas federais, políticas para as prefeituras, empresariado, sociedade civil e instituição de ensino e de pesquisa. “Através desses grupos, começamos as primeiras discussões sobre as diferentes visões do CIPP e identificamos os benefícios e também os gargalos do Complexo Portuário. Agora a ideia não é parar aqui, e sim debater os compromissos e os pontos levantados junto à sociedade”, disse.

A segunda fase do trabalho propõe a construção de uma agenda propositiva para o CIPP, a partir da superação dos desafios apresentados, que efetivem o potencial de desenvolvimento sustentável do seu entorno e das oportunidades para todo o Estado. A coordenação será do Conselho de Desenvolvimento Econômico do Ceará (Cede), tendo à frente o seu presidente Alexandre Pereira, com apoio técnico, metodológico e administrativo do Conselho de Altos Estudos da Assembleia Legislativa.    

O Secretário Alexandre Pereira, destacou que os registros dos impactos positivos e negativos relatados no documento vão pautar as próximas discussões nos meses subsequentes. “É importante que possamos debater e estudar impactos para a melhoria do CIPP. Queremos apresentar para o próximo governador do Estado estratégias com melhorias e ideias positivas para o Pecém”, salientou.

Alexandre ressaltou que o CIPP é favorável ao desenvolvimento do Estado. “Assim como o Cinturão Digital, a transposição das águas e outros grandes projetos de infraestrutura, o CIPP nos mostra que é preciso pensar no futuro e nos benefícios em longo prazo”, disse.

Além de deputados, estiveram presentes o senador Inácio Arruda, o secretário executivo do Conselho de Altos Estudos, Francisco Lopes; a gerente de sustentabilidade da Companhia Siderúrgica do Pecém, Cristiane Peres; o representante das Organizações da Sociedade Civil Organizada, Thiago Halley, e o representante da Petrobras, Raimundo Lutif.

Com informações da Assembleia Legislativa.

17.05.14

Assessoria de Comunicação do Cede
Paulo Sombra – paulo.sombra@cede.ce.gov.br
85 3101.1602 9909.3843