Adece e Ipece firmam parceria em prol do desenvolvimento socioeconômico do Estado

5 de novembro de 2015 - 21:48

Com o objetivo de unir forças para identificar os desafios, oportunidades e a indicação de caminhos no intuito de promover o crescimento econômico do Ceará, o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado (Adece), Ferruccio Feitosa, recebeu, na manhã desta quinta-feira (05), o diretor geral do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica (Ipece), Flávio Ataliba.

No encontro, Flávio e a equipe do Ipece responsável pela elaboração das contas regionais do PIB apresentaram ao presidente, diretores e demais colaboradores da Adece dados econômicos referentes ao segundo trimestre deste ano no Ceará.

“Com esses números passamos a entender de forma ainda mais aprofundada o que acontece na economia local para elaborar, com mais eficiência, políticas públicas a favor do crescimento econômico. Após a divulgação do PIB referente ao próximo trimestre, vamos convocar os setores para abrir uma discussão por meio das câmaras setoriais. Queremos ouvi-los para, a partir dos relatos, construirmos um plano de ação”, disse Ferruccio durante o encontro.

Para Flávio Ataliba, a proximidade da Adece com todo o sistema produtivo do Estado deve ajudar o Ipece a aprofundar o entendimento do desempenho de cada setor. “A parceria é muito bem-vinda, pois trata-se de um momento importante para avançarmos no desenvolvimento do Ceará. A Adece talvez seja o órgão do Estado com mais importância para nos auxiliar a conduzir as diretrizes”, completou.

A reunião desta quinta-feira (05) faz parte de um segundo momento da parceria realizada entre Adece e Ipece. Na última quinta-feira (29), Ferruccio apresentou um panorama das empresas instaladas no Ceará e incentivadas pelo Governo do Estado por meio do Fundo de Desenvolvimento Industrial (FDI). “A Adece traçou grupos de trabalho que realizaram ações com resultados bastante enriquecedores. Fizemos um acompanhamento por meio de visitas em 100% das 216 empresas beneficiadas pelo FDI. Junto a elas, identificamos não só suas necessidades, mas dados construtivos para os diversos setores atuantes no Estado”, explicou Ferruccio.

No primeiro encontro, o presidente da Adece falou sobre a experiência do trabalho realizado pelo monitoramento e no que será possível extrair para planejar ações em prol do desenvolvimento econômico do Estado. “O monitoramento nos trouxe informações preciosas e não há melhor maneira de aproveitá-las. Adece e Ipece firmaram um termo de cooperação técnico-científica para desenvolver estudos que possam nortear novas estratégias e políticas públicas capazes de contribuir, de forma sustentável, para o cenário socioeconômico do Estado”, completa.

Acompanhamento

O trabalho de visitas de monitoramento, acompanhamento e avaliação foi realizado entre os meses de maio e setembro deste ano. As empresas beneficiadas pelo FDI são atuantes em mais de 20 setores, entre eles, calçadista, têxtil, metalurgia, móveis, alimentícios, eletro eletrônicos, bebidas, produtos de limpeza e laticínios.

As empresas ficam situadas em 43 municípios que englobam as regiões de Baturité, Cariri-Centro Sul, Litoral-Leste-Jaguaribe, Litoral Oeste, Região Metropolitana de Fortaleza, Sertão Central, Sertão dos Inhamuns e Sobral-Ibiapaba.