PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Ipece apresenta dados do PIB cearense às câmaras setoriais

25 de abril de 2016 - 18:55

Em terceira reunião realizada no auditório da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), o Fórum Integrado de Desenvolvimento abordou, na manhã desta segunda-feira (25), os números do PIB cearense no quarto trimestre de 2015. Na ocasião, representantes do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Estado do Ceará (Ipece) apresentaram os dados por setor, direcionados à agropecuária, indústria, comércio e serviços.

Estiveram presentes no encontro a secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, Nicolle Barbosa, o presidente da Casa, Ferruccio Feitosa; da ZPE Ceará, Mário Lima; da Companhia de Desenvolvimento do Ceará (Codece), Roberto Feijó; além dos demais representantes das câmaras setoriais e temáticas.

De acordo com a titular da SDE, o momento teve como principal objetivo elaborar soluções para vencer a crise e minimizar seus efeitos. “Vamos dar continuidade ao que aconteceu aqui. Ferruccio vai reunir individualmente as câmaras setoriais com o Ipece e nós vamos ter uma reunião interna para avaliar isso de forma que possamos traçar estratégias importantes para esse momento”, completou.

A ideia, sugerida pelo presidente da Adece marcará um segundo momento do trabalho, com encontros individuais entre Agência, Ipece e cada câmara setorial. “A criação de uma agenda entre o Ipece e cada uma das câmaras servirá para que possamos olhar amiúde todos esses setores, identificando seus reflexos nos resultados do PIB estadual”, comentou Ferruccio.

Cadeia produtiva

Promover a sinergia entre a cadeia produtiva cearense foi uma das sugestões destacadas pelo presidente da ZPE, que falou sobre os novos mercados previstos para o Estado. “Primeiro vamos precisar trabalhar daqui para frente na expectativa de atrair investimentos com o entrosamento entre as empresas. O empresário cearense pode ser sócio e parceiro também, por meio do fornecimento de insumos”, disse.

Dentre as soluções apontadas em reunião, a Sala do Investidor foi uma das iniciativas citadas pela secretária. “Com a Sala do Investidor teremos condição de fazer isso setorialmente, sabendo o que precisaremos atrair para complementar as cadeias produtivas”, frisou Nicolle.

O trabalho de monitoramento das indústrias beneficiadas pelo FDI entregue ao IPECE para análise de dados foi outra solução destacada por Ferruccio. “Por meio desse acompanhamento, ouvimos, dentre outros pontos, as necessidades e demandas da indústria em relação ao fornecimento de insumos”, finalizou.

Assessoria de Imprensa da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará – Adece
Ana Beatriz Sugette – (85) 3457-3330 / 98878-2018
Twitter: www.twitter.com/adececeara
Facebook: www.facebook.com/adececeara