PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

II Feira Impulsiona Ceará será realizada no Vale do Jaguaribe

7 de novembro de 2022 - 11:44 # # #

Com o objetivo de modernizar e dar oportunidades de crescimento aos produtores locais, a II Feira Impulsiona Ceará, será realizada nos próximos dias 10 e 11 de novembro, em Limoeiro do Norte. A iniciativa faz parte de um ação da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), apoiada pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet) e executada pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec).

O encontro contará com workshops, oficinas, exposição e venda de produtos. As inscrições para a programação já estão abertas e podem ser feitas de forma online pelo site do Centec. O prazo para se inscrever vai até o dia 9 de novembro.

A II Feira Impulsiona Ceará contará com a exposição dos APLs locais, como o de serviço de transporte e reparação automotiva, de Tabuleiro do Norte; fabricação de peças de motos, de Russas; caprinocultura de leite, de Jaguaretama; artesanato de palha de carnaúba de Aracati, Palhano e Itaiçaba; queijo do Vale do Jaguaribe; e redes de Jaguaruana.

Os temas abordados nas palestras, oficinas e workshop, destinados ao público em geral, vão desde a gestão dos negócios, incluindo a formação de preço de produtos e serviços, até a comercialização aliada às mídias sociais.

Segundo o diretor de Fomento da Adece, Luís Eduardo Fontenelle Barros, o programa Impulsiona Ceará é uma ferramenta de busca pelo desenvolvimento e fortalecimento dos produtores locais do Ceará.

“Foi feito um trabalho de mapeamento preciso e robusto, com informes econômicos e sociais, para criarmos esse programa. Assim como aconteceu na primeira feira, realizada no Cariri, vamos incentivar a exposição, venda dos produtos e a troca de experiências em Limoeiro do Norte”, afirmou Barros.

O secretário executivo do Trabalho e Empreendedorismo, Kennedy Montenegro, ressaltou que o Impulsiona Ceará tem o objetivo de oportunizar e acelerar processos de apoio. “Alguns critérios foram respeitados e quatro APLs foram priorizados nesta primeira fase. Nosso desejo é aumentar o escopo do trabalho, incluindo mais dois arranjos que já estão no nosso radar”, afirmou.

O expositor Inácio Lima, que faz parte da Associação dos Fabricantes e Artesãos de Redes de Jaguaruana (Asfarja) disse que vê o evento como uma grande oportunidade para divulgar o trabalho feito na região.

“As redes são nosso trabalho enquanto artesãos e parte da cultura da nossa região. Eu sou a terceira geração que produz redes na minha família. Queremos levar nosso trabalho não só para o Ceará, como para o Brasil e até para o mundo”, afirmou.

O que é APL?

Os Arranjos Produtivos Locais (APLs) são formados por atores econômicos, políticos e sociais, localizados em um território, desenvolvendo atividades produtivas especializadas em um determinado setor. A equipe técnica do programa Impulsiona Ceará identificou 35 APLs no Estado.

“Sabemos a importância desse trabalho de impulsionar essa região, com todos esses atores. São setores importantes para o Estado e vamos fomentar tudo isso com planos de desenvolvimento e um futuro diagnóstico”, disse o diretor-presidente do Centec, Silas Barros de Alencar.