PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Produtores do APL de Frecheirinha são capacitados para melhorar gestão financeira do polo de moda íntima

17 de janeiro de 2023 - 14:43 # # # # # # #

Equipe técnica visitou a escola para formação de profissionais na Associação de Confeccionistas de Frecheirinha (ASCOF).

Vocações, veias empreendedoras, coragem para arriscar, vontade de trabalhar. Essas são algumas das expressões ouvidas pela equipe do programa Impulsiona Ceará do Governo do Ceará, durante visita técnica ao polo de confecção de moda íntima de Frecheirinha. A cidade conta com 40 empresas do setor e, atualmente, escoa a maior parte da sua produção para estados da região Nordeste.

O pioneiro do polo de moda íntima da região, João Viana conta que começou suas atividades sem jamais pensar que aquela ideia se transformaria na principal atividade econômica da sua cidade natal, gerando empregos localmente e para municípios vizinhos como Tianguá, Mocambo e Ubajara.

“Frecheirinha tem uma vocação, é como uma bênção. As pessoas se interessam por trabalhar com isso. Cheguei aqui há 40 anos, trabalhando em outro ramo, e tive essa ideia de fabricar moda íntima. Tive sorte de ter ido por um caminho que a cidade abraçou”, afirmou Viana.

Para reduzir um dos maiores gargalos da produção, que era a mão de obra, os produtores montaram uma escola para formação de profissionais na Associação de Confeccionistas de Frecheirinha (ASCOF), em parceira com a Prefeitura Municipal. A iniciativa forma 30 alunos por turma e as fábricas se comprometem em absorver a demanda de novos profissionais formados.

Equipe técnica formada por representantes da Adece, Sedet, Centec e Prefeitura Municipal de Freicheirinha.

A gerente de Desenvolvimento Regional e Municipal da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Darcyla Lima, ressalta a importância da integração público-privada e da cooperação entre os atores que formam o Arranjo Produtivo Local (APL).

“Um dos objetivos do Impulsiona Ceará é promover a integração da cadeia produtiva, de maneira a beneficiar do pequeno até o grande empresário. É muito positiva nossa avaliação desse APL, que não só consegue trabalhar em conjunto, como busca soluções para toda a comunidade, a exemplo da idealização desta escola”, explica Darcyla Lima.

Consultorias

De acordo com Luana Bandeira, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), uma das ações de fomento ao desenvolvimento e à inovação é o oferecimento de consultorias aos produtores, por meio do programa Impulsiona Ceará.

“Essas ações buscam saber o que os empresários precisam e pretendem das ações futuras do programa. O polo de Frecheirinha já é um destaque no setor de moda. Nossa missão é fortalecer e dar oportunidades voltadas para a inovação e a tecnologia, para que eles cresçam ainda mais”, conta.

O técnico do Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec), Marcos Renan Magalhães, destaca que as consultorias focam em problemas apresentados pelos próprios fabricantes, para tentar resolver as demandas. “As ações são pensadas de acordo com as necessidades. Em Frecheirinha, ficou claro que as medidas estão dando resultado e que as consultorias estão dando bons frutos”.

Para o secretário de Administração de Frecheirinha, Eudes Lima, programas como o Impulsiona Ceará são responsáveis por melhorias e pelo fortalecimento de ações que promovem um desenvolvimento sustentável para os produtores da região. “Temos muitas ideias, muita vontade de realizar. Vamos avançar muito com essas ações voltadas para a nossa realidade”.

O que é APL?

Os Arranjos Produtivos Locais (APLs) são formados por atores econômicos, políticos e sociais, localizados em um território, desenvolvendo atividades produtivas especializadas em um determinado setor. Ao longo de dois ciclos do Programa, iniciado em 2021, a equipe técnica do Impulsiona Ceará já identificou 35 APLs em todo Estado.

O Programa Impulsiona Ceará é uma iniciativa realizada pela Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), apoiada pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet) e executada pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec).