PortugueseEnglishSpanish
PortugueseEnglishSpanish

Polo moveleiro de Marco recebe consultoria do programa Impulsiona Ceará

20 de janeiro de 2023 - 10:11 # # # # # #

Os produtores do Arranjo Produtivo Local (APL) de Marco têm adotado novas estratégias de melhorias nos fluxos de produção e otimização das vendas dos seus produtos. Por meio do programa Impulsiona Ceará, os empresários da região receberam consultorias direcionadas para o setor moveleiro, consolidado como principal atividade econômica da cidade e responsável por 35% dos empregos formais gerados na região, de acordo com dados da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) para o ano de 2021.

O APL de Marco conta com 35 empresas formalizadas que produzem móveis e estofados residenciais para hotéis, restaurantes, shoppings, hospitais e setor da construção civil. Responsável pela geração de emprego local e de municípios vizinhos como Cruz, Bela Cruz e Tianguá, a cidade é conhecida na região por sua potencialidade de produção.

“A qualidade dos produtos é muito alta. É um APL com muito potencial, pelo grau de desenvolvimento dos produtores com a comunidade e por já ter conseguido um nível alto de excelência nos produtos”, pontuou a gerente de Desenvolvimento Regional e Municipal da Agência de Desenvolvimento do Ceará (Adece), Darcyla Lima, durante visita técnica ao polo moveleiro.

O empresário Olivio Silva conta com 26 funcionários e vem de uma família de marceneiros. “É como se a gente já nascesse sabendo fazer, porque a gente nasce vendo alguém fazer. Mas a parte administrativa, não é assim tão fácil. Essas consultorias nos ajudaram muito. Gerou um impacto grande no fluxo (de produção)”, disse o produtor.

O impacto da capacitação também foi sentido nas empresas de maior porte, como é o caso da Osterno Móveis, que possui 28 anos no mercado. A fábrica tem 120 funcionários e trabalha com vendas para o mercado corporativo. Seus produtos, além de atender ao mercado brasileiro, também são exportados para países como Porto Rico, México e EUA. Após a capacitação realizada pelo programa, a empresa calcula um aumento de faturamento, que se refletiu na contratação de novos funcionários.

“Muito bom para processos, para a produção. Praticamente dobramos nosso faturamento quando eles chegaram. Os conceitos são de fácil aderência e é o que a gente segue até hoje”, disse o empresário Thiago Osterno.

O agente de Desenvolvimento da Prefeitura de Marco, Diego Vasconcelos, explica que a parceria com o programa tem fortalecido o APL e incentivado os produtores a crescerem. “Programas como o Impulsina Ceará trazem muitas oportunidades para um município como o nosso. Agrega oportunidades de crescimento e de ganho de conhecimento do pequeno produtor até o grande”, ressaltou.

O que é APL?

Os Arranjos Produtivos Locais (APL) são formados por atores econômicos, políticos e sociais, localizados em um território, desenvolvendo atividades produtivas especializadas em um determinado setor. Ao longo de dois ciclos do Programa, iniciado em 2021, a equipe técnica do Impulsiona Ceará já identificou 35 APLs em todo Estado.

O programa Impulsiona Ceará fez diagnósticos pormenorizados em alguns destes APL, sendo o de Marco um dos contemplados. O plano de desenvolvimento do APL inclui a consultoria de gestão de processos.

Luana Bandeira, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), explica que o programa tem fortalecido as cadeias produtivas de diversos setores, em todo o Ceará. “Nosso foco é dar oportunidade, oferecer condições para que os produtores se modernizem, avancem em suas vocações”, declarou.

O técnico do Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec), Ribamar Ribeiro Filho, diz que as escolhas das consultorias são feitas de acordo com as necessidades de cada APL. “Foi feito um trabalho de campo e os produtores disseram quais eram suas dificuldades. As consultorias foram pensadas para ajudá-los a superar os desafios mencionados”, pontuou.

O Impulsiona Ceará é uma iniciativa da Adece, executada Sedet e operacionalizada pelo Centec. O programa também tem apoio do Sebrae e das Prefeituras.